Arq. e Design

Para Amar o Trabalho #09

Nossa conversa da semana passada foi sobre como as vezes é difícil amar o trabalho, e após esse post/desabafo me deparei com um artigo que dava dicas de como ter uma vida mais balanceada com algumas informações simples de serem colocadas em prática mas que a gente geralmente negligência e se deixa levar pelo estresse. Vamos lá tentar dobrar a ansiedade (a nossa e a dos outros) e tentar ter algumas horas de relaxamento fora do trabalho.

1 - Desligue-se: saiu do trabalho? Então tente resistir a tentação de verificar as notificações de emails e mensagens, se possível desligue o celular que você usa para o trabalho, se permita respirar e preencha seu tempo fora do escritório com outros assuntos.

2 - Diga não: muitas vezes a gente acha difícil recusar algum tipo de demanda relacionada ao trabalho, mas é bom analisar antes se algumas tarefas extras realmente valem a pena ou se não vão apenas prejudicar sua saúde mental, física e emocional.

3 - Esqueça o perfeccionismo: este aqui é um pouco parente do item 2, muitas vezes aceitamos tarefas e compromissos extras para provarmos que somos capazes, que podemos fazer tudo, que somos perfeitos no trabalho, mas a soma da pressão externa com a nossa própria pode nos sobrecarregar demasiadamente e não fazer nenhum bem para nós. Fazer o melhor trabalho possível com dedicação não está relacionado com a busca pela perfeição. Aliás sempre que tentamos atingir a perfeição procrastinamos porque lá no fundinho sabemos que não é possível.

4 - Faça pausas: as vezes o trabalho se torna tão crítico que até pulamos refeições, trabalhamos no fim de semana, esquecemos de nos cuidar. Mas levar o dia-a-dia assim a longo prazo nossa energia se esvai e a produtividade diminuí vertiginosamente... Se cuide para que isso não aconteça, faça pausas para recarregar suas energias e manter o vigor nas horas mais puxadas do trabalho.

5 - Deixe o trabalho no trabalho: bom já conseguimos entender que demarcar o período de trabalho é fundamental para que a gente se recarregue e esteja pronto e energizado para retomar as terefas no dia seguinte. Portanto tente deixar o trabalho onde ele pertence e tenha um final de dia voltado para seus interesses pessoais.

Para quem trabalha home office ou é empreendedor é um pouco mais difícil fazer essa separação da vida pessoal e vida profissional mas é importante estabelecer rituais para essa desconecção com os problemas e assuntos de trabalho. Eu vivo um pouco das duas realidades, faço freelas para outro profissional e também trabalho para mim mesma. Muitas vezes me vejo drenando energia com pensamentos sobre tudo que preciso executar, já me vi também vários dias quase sem almoço por conta de demandas absurdas que deixei que os outros me impusessem por deixar me levar pela busca "mítica" do perfeccionismo, que eu deveria dar conta. 

Encontrar equilibrio na vida é uma questão de adequação de hábitos e rotina, embora não seja assim tão fácil mudar nossos condicionamentos temos que nos manter em uma busca contínua por uma vida melhor. É um pouquinho por dia que vamos conquistando mais qualidade de vida.

E você, o que faz para se manter energizado e sem estresse? Me conta nos comentários.

Até o próximo post!