Para comer com os olhos #02

Continuando a listinha de restaurantes legais, o post de hoje concentra lanchonete, café e até uma rede de fast food saudável.

Começamos com a lanchonete PNY, Paris New York, o projeto é do escritório francês CUT Architectures. Localizada em Le Marais, a decoração é inspirada nos neons de NY e nas cores pastéis de Miami. Paredes em concreto e tijolos fazem um contra ponto rústico com a suavidade das cores do mobiliário. Além da decoração lúdica e dos bons hamburgueres a lanchonete atraí clientes também pelo seu banheiro bonito e cheio de luzes neon projetado para selfs, tem até uma hashtag #pee_n_why prontinha para usar no instagram

Fonte das imagens: aqui.

De Paris para Copenhagen, vamos a rede de fast food saudável Palaeo, projetada pelo Johannes Torpe Studio. O estúdio se inspirou na simplicidade da dieta proposta para criar o interior da lanchonete, utilizando materiais naturais como madeira, couro e lã, dessa forma facilitando a expansão para outros locais.  Com uma paleta de cores discreta e materiais naturais, a intenção era criar um local elegante e aconchegante. Com áreas de refeição e lounge para atender as diferentes necessidades de quem passa por lá, fast mas nem tanto, se quiser ficar curtindo o ambiente o cliente será bem vindo.

Fonte das imagens: aqui.

Lembra que no post dos restarantes eu fiz referência a cenário de filme e citei o Grand Hotel Budapest? Pois é, a Prada que é bem sabida convidou o cineasta Wes Anderson para criar o principal espaço de refeições de seu novo centro de artes, que ocupa o espaço de uma antiga destilaria no sul de Milão. Toda a decoração tem a carinha retrô dos filmes dele, e foi inspirada nos cafés Milaneses das decadas de 50 e 60. O projeto de renovação da Fondazione Prada foi feito por Rem Koolhaas - OMA.

Fonte das imagens: aqui.

Bom, todo esse papo deu fome de novo rs, vambora procurar em sampa cantinhos charmosos para matar a fome.

Bom sabadão! Até o próximo post!