Transarquitetônica

Aqui no Depósito está tendo muita arte porque São Paulo está com muita exposição boa em cartaz,  fiz uma listinha, não tá muito fácil arrumar um tempinho pra ver tudo que parece interessante mas a expo da Yayoi Kusama  já foi e agora consegui ver também a instalação Transarquitônica do artista brasileiro Henrique Oliveira, na nova sede do MAC no Ibirapuera. Apesar de ter inaugurado em abril fiquei sabendo a algumas semanas dessa exposição e o feriado em São Paulo no meio da semana foi a pausa perfeita pra conhecer o museu e ver a exposição.

Tudo que leva arquitetura no nome me chama atenção, não foi diferente com essa exposição, ler o nome e ver uma foto na internet foi o suficiente para decidir que esta exposição deveria ter minha atenção, e realmente valeu a pena passar uma horinha do dia explorando a instalação do artista (não tinha filas ufa!). Falando no artista, Henrique Oliveira é formado pela ECA - USP e começou com a pintura e posteriormente ampliou seu repertório para esculturas e instalações, desde 1998 participa de exposições individuais e coletivas (o folheto da exposição tem um ótimo texto que conta sobre a evolução do artista).

Mas voltando a visita ao MAC, arte e arquitetura se interpõe nesta instalação, a maior que o artista já fez, exterior e interior podem ser apreciados, o percurso visual e sensorial se inicia quando entramos num cubo branco (fazendo referencia a obra de Niemeyer onde está inserida) e aos poucos vai se desconstruindo e se transformando em formas orgânicas e termina em galhos de árvores. 

Mais uma vez bobeei e não levei minha câmera potente... e me arrependi muito porque é possível acessar o topo do edificio no 8º andar que tem uma vista muito privilegiada e complementa a experiencia de forma muito legal, mesmo com o tempo fechado é uma delícia admirar o Parque do Ibirapuera do alto.

Fonte parcial das fotos e mais informações aqui. A exposição vai até novembro. E deixo um pouquinho das minhas fotos da paisagem de SP.