Inflável

Encontrei essa semana também um trabalho de graduação de uma designer da Bezalel Academia de Arte e Design de Jerusalem, Tehila Guy. Seu projeto foi pensado a partir do mobiliário que pode ser embalado em um único volume fino, e a escolha da peça foi uma poltrona, que geralmente tem uma estrutura mais rígida que não permite embalagens muito pequenas.

Para fugir do estofamento comum, e ainda sim manter o conforto, Tehila pesquisou estruturas infláveis da década de 60. Ela mistura então estrutura em madeira e material inflável no assento para chegar na equação ideal. Veja o vídeo e as imagens abaixo.

Essa poltrona merece vários adjetivos, inteligente, prática, confortável e acessível.

E você, teria uma dessa em casa?

Fonte das imagens aqui e aqui.